sexta-feira, 22 de maio de 2009

Ações Governamentais para a Inclusão

O governo brasileiro, assim como outros setores, têm desenvolvido projetos procurando investir em uma faixa da população alfabetizada, porém carente de recursos, para diminuir a diferença existente entre os incluídos e os excluídos na sociedade da informação. Os incentivos governamentais são de suma importância para incluir as pessoas excluídas social e digitalmente, proporcionando-lhes acessos aos mais variados contextos sócio-culturais.

Desde a década de 90, o governo brasileiro vem integrando a educação, a ciência e a tecnologia, tendo a educação como promotora da cidadania social e da competitividade econômica, num paradigma produtivo baseado na dominação do conhecimento para uma maior participação social dos cidadãos.

A inclusão digital está presente na agenda do governo, porém, ela não pode ser reduzida a disponibilização de equipamentos e conteúdos. É necessário preparar o profissional da informação para atuar como um mediador no mundo digital garantindo a efetiva comunicação, na qual ele esteja preparado para interagir com pessoas e máquinas em um constante intercâmbio de dados e informação, produzindo uma maior inclusão social.

Com o intenso investimento por parte do governo em pesquisa e desenvolvimento, e formação dos professores anunciados pelo MEC, espera-se que haja uma considerável modificação nesta questão, com novas possibilidades tecnológicas para uso dos recursos das TICs na educação e na cultura, objetivando modificar a realidade educacional e cultural do país, que pode, em função das escolhas estabelecidas, gerar uma nova sociedade mais igualitária.

Um dos maiores entraves para o desenvolvimento de projetos que visam à inclusão digital é a grande extensão geográfica brasileira. Apesar disso, o governo tem como objetivos a implantação e o desenvolvimento de novas tecnologias de comunicação e informação centrada na educação continuada e à distância como instrumento de universalização da educação para as camadas menos favorecidas e com particular destaque para a formação do professor que já atua no sistema.
Mirian Bueno Fiorenza. [Educação: Fonte de Inclusão]

Nenhum comentário:

Postar um comentário